quarta-feira, 14 de julho de 2010

Dias daqueles

Ontem, dia em que completou 2 meses, foi o dia que mais chorou. Daquele choro inconsolável que só parava enquanto mamava. Pouco dormiu, estava mesmo incomodada. Fome (quase) de certeza que não era, seria calor, cólicas, tédio, sono... Esteve assim toda a tarde, dormitou ao colo e pouco mais.

Não houve bolo nem parabéns pelo segundo mês, houve uma mãe esgotada e tudo por fazer em casa.

Quando fui buscar a Nini, passei pela farmácia, comprei o Biogaia. Dei-lhe, misturado com um pouco do meu leite, numa colher. Esteve igual até à meia noite, sempre com períodos de choro e sem conseguir dormir.

Quando finalmente adormeceu, ao meu lado, na minha cama, aterrou! E por lá dormiu até às 5 e pouco da manhã. Não fosse o meu despertar de vez em quando, por ela estar ao meu lado, e teria sido uma noite perfeita (na minha actual realidade), mamou a essa hora, novamente às 8:30 e às 11:15... a partir daí novo choro.

Hoje, tinha um almoço combinado. Estive mesmo para não ir, mas arrisquei. O almoço correu bem, ela adormeceu e deixou-me almoçar. De regresso ao parque de estacionamento, com ela já faminta, esperava-me uma multa. Esqueci-me de colocar moeda. E tive sorte porque já se estavam a preparar para bloquear a roda. Avisei o sr fiscal que ainda me ia demorar (ia dar de mamar), ele, simpático respondeu com um "claro menina, claro!"

Mamou e fez um cocó gigante! Estão a ver daqueles que vão até às costas, sujam pernas, daqueles mesmo potentes?! Pois... Po-la dentro do carrinho e nem saber como começar (isto, na rua!). Mudei-a toda. Tudo para dentro de um saco e siga. Ela aos gritos por a estar a despir, sorte que não estava frio nem vento.

Acho que o sr fiscal se pudesse me tirava a multa... fui castigada o suficiente.
Desmonta carrinho, bebé na babycoque, passar na escolinha da irmã e casa... home sweet home...

Hoje havia aula de ballet mas estou tão cansada... A Nini vê o Panda (estava de castigo mas não se lembrou, eu também fiz de conta, agradeço este bocadinho de paz), a Beatriz dorme (veremos por quanto tempo), eu já desabafei, agora vou arrumar roupas, por outras a lavar, fazer jantar, dar banhos e rezar para que a pequenina não acorde chorona.

10 comentários:

Mara disse...

Dois dias tramados... que os próximos sejam mais tranquilos, pode ser só uma fase dela...
Beijocas e ânimo!

Keratina disse...

Efectivamente não é fácil.
Esperemos que seja apenas uma fase (são sempre fases!).
Beijinhos solidários deste lado.

Anónimo disse...

Em traços gerais esta descrição poderia ter sido feita por mim. O Biogaia resolveu-me a questão das cólicas (tem que ser guardado no frigorifico) ao fim de três ou quatro dias, por volta dos 2 meses do catraio. A partir dessa altura passou a acordar só por volta das 6 da manhã ( que luxo!).
As coisas acabam por melhorar. Mas nessa altura andava exausta! Como te compreendo. Bjs

Isabel disse...

Oh Marta és uma super mamã!!! Melhores dias virão!!!
Um abraço

A mamã da Beatriz... disse...

Bem... há dias lixados... tal como nós nem sempre estamos bem disposto, também os bebés podem estar mais irritados e sensíveis... já experimentaste as massagens no sentido dos ponteiros do relogio na barriga com oleo de amendoas doces? Pressionando bem também aliviam muito... Eu tenho uma vaga ideia de quando já tinha uns 4 ou 5 anos e me doia a barriga a minha mãe me massajava e aliviava... Não custa tentar...

Mil cores disse...

São fases, que felizmente passam e daqui a uns meses já nem te lembras!
Eu passei pelo mesmo, só Deus sabe como aguentei estar sozinha com as duas e as tarefas domésticas... somos mais do que mães, somos super-mulheres!

Beijo grande e muita força, pensa que tens duas filhas saudáveis e felizes... e não tarda nada esta fase passa e vais poder aproveitá-las a 100%.

lfe disse...

Como te compreendo!!! Do excesso de choro, ao mega cocó... Do cansaço à ansiedade de as ver mais bem dispostas...
Como já se comentou aqui, são fases... Parece que nunca mais vamos ter paz, mas elas passam. Ai, passam, passam...
Parabéns e paciência à super mamã...
Bjinhos,
Luciana

Marta G. disse...

Pois, são fases... mas custa, isso custa.
Andar esgotada, e com tudo sobre a nossa responsabilidade é tarefa para super mulheres.
Eu com um só, e maiorzinho, continuo a sentir-me diariamente esgotada, e tambem super-mulher, LOL!
Beijinhos grandes.

Carina M disse...

Há dias que de facto não dão com nada, nãostens uma ajudinha nem da ma~e ou sogra?? é que as vezes até a sogra serve :)
Mas sabes que isso passa.
Bjs

Daniela disse...

Marta, com as duas tem dias que são muito dificeis,sim. e quando estamos cansadas e tb precisamos de descansar.... mas temj dias muito bons ;) beijo grande