domingo, 2 de janeiro de 2011

O gato dálmata

Cá pelo nosso terraço vão aparecendo alguns gatos, que geralmente fogem mal nos vêem. Ontem a Nini chamou-nos aos gritos "Está aqui um gato-dálmata!". Um gatinho branco e preto muito lindo. Não saía de perto do vidro, não se afastava quando nos aproximávamos da porta.

Aparece o Fofinho e ficam a olhar um para o outro, um de cada lado do vidro. O Fofinho vai-lhe bufando (coisa que só começamos a vê-lo fazer há poucos dias, para um outro gato e para o cano do aspirador!) e mia de uma forma estranha. O outro gatinho (ou gatinha, não sei) muito calmo. O Nuno vai buscar comida e põe num prato do lado de fora. Come tudo, estava faminto, mas não se vai embora, continua por ali. 

A Nini fica cheia de vontade de sair para ver se ele deixa fazer festinhas. Sai o pai... O gatinho não foge, pelo contrário, enrosca-se nas pernas do Nuno e deita-se aos pés dele. Lindo, lindo! Eu e a Nini derretidas do lado de dentro, o Fofinho furioso a bufar-lhe! A Nini não resiste e sai também, ele faz-lhe o mesmo, mia, enrosca-se e deita-se em cima dos pés dela. Ela chora! Sim, chora! "Eu quero este gatinho!" O Fofinho passado... mas quieto.

Para tirar a Nini de lá de fora foi um stress, fartou-se de chorar que queria o gato. Eu confesso que estava cheia de vontade de o deixar entrar mas o pai cá de casa não deu hipótese. Fingiu que tocaram à campainha e que era a dona do gato à procura dele. A Nini chorou baba e ranho mas lá entendeu que se tinha dona...

Hoje estivemos a falar no gato dálmata, a Nini tem esperança que ele venha visitar-nos de vez em quando, o Nuno voltou a dizer que eu sou tola, que não temos condições para ter dois gatos. Há pouco ouvi-o a ir encher de comida o prato que ficou lá fora :)

6 comentários:

Filipa Serrão Oliveira disse...

faz pena não é? pode ser que apareça mais vezes, nem que seja de visita =) ter dois animais é complicado, eu que o diga! =)

Mami ( Sónia ) disse...

:) Ele diz que és tola mas põe o prato para o gatinho :)
Acho que vais passar a ter uma visita diária :)

Carina M disse...

Bem quer-me parecer que o Fofinho vai ter companhia :)
Bjs

Susana Happy Days disse...

Ele faz-se de durão... mas é um coração mole ;)

O Fofinho vai acabar por ter companhia... :D

Contas disse...

Durante meses tivemos em casa a visita de uma gatinha preta. Era contagiante pela sua simpatia :-) Acabamos por ir alimentando-a e por uma ou outra vez chegou mesmo a entrar em casa...O ALF não gostava muito da brincadeira, porque o alvo preferido dela eram os seus 'biscoitos' :-) Desapareceu de um dia para o outro :-(

Andy disse...

Ai que fofura, passo pela mesma situação, mas um pouco mais culposa, ja tenho um gato e tambem nao tenho condição de ficar com mais um, mas acabo de encontrar uma gatinha, dalmata tambem, com menos de 1 mes de vida, jogada na rua, na chuva. Não resisti e trouxe pra casa. se ela ficara ou nao só Deus sabe. meu marido, o pai desta casa, nao gostou da ideia, mas quando ve-la dormindo aconchegada, fraca de tam raquitica, com certeza se apaixonará.
Beijos!
Quando puder, me vizite: www.dicasdaandy.blogspot.com.br