sábado, 17 de setembro de 2011

A escola e a bata

Ando a tentar transformar umas batas sem graça, em batas fashion  para a Inês ir toda cheia de estilo para a escola nova.

Na quinta fomos à reunião, eu e ela. Foi uma seca para ela, valeu apenas pela volta que demos pela escola no fim e pelos minutos que brincou no recreio (que é bastante grande). No dia seguinte, pelas nove da manhã, lá fomos, ambas nervosas mas entusiasmadas. Eu sempre a motiva-la e ela na expectativa. Quando saímos do carro disse-me que estava um bocadinho nervosa. Entramos de mão dada até à porta da sala. Cumprimentamos educadora e auxiliar, deixei a mochila e a lancheira, dei-lhe um beijo e um abraço, desejei-lhe boa sorte e ela entrou. Sentou-se no chão, na roda, à espera que todos chegassem. Fiquei um pouco do lado de fora. A auxiliar saiu e disse que estava óptima e serena. Fui para o carro. 

Que sensação estranha. Deixa-la assim numa escola nova, sem uma cara conhecida, sem um suporte. Tinha combinado com a educadora que no primeiro dia iria só a manhã. Nunca uma manhã teve tantas horas. Custou mesmo a passar.

Passadas três horas, fomos todos busca-la, a mãe, o pai e a irmã. Vinha bem disposta, um bocadinho retraída mas de sorriso nos lábios. Contou que a educadora esteve a conversar com todos e a mostrar a escola. Que gosta muito do recreio porque tem um parque muito grande, até tem baloiços. Que comeu o lanche da manhã todo (uma banana e um leite achocolatado). Que brincou com umas amigas novas às Winx

À tarde fomos em busca de uma bata/bibe. Encontrei umas na zippy, básicas, ao xadrez. Trouxemos uma vermelha e uma amarelada (não há na escola cor nem modelo definido, por acaso acho que podia haver, mas pronto). Agora estou a tentar pô-las mais bonitinhas. Hoje de manhã fomos à retrosaria comprar material...

7 comentários:

A mamã da Beatriz... disse...

Cá os bibes são vermelhos para as meninas (abotoados atrás) e os dos rapazes abotoados á frente, de lado, mas azulão. Ambos ao xadrês miudinho... é uma parvoice a distinção de cores entre os sexos!!! Se se apela á igualdade, porque a distinção? Mas já era "regra" do ano passado... Está tudo a correr bem também certo? Isso é que é preciso! Tenho é de comprar etiquetas giras com o nome dela...
Bjos

Marta disse...

Eu comprei umas etiquetas para coser mas depois em casa achei pequenas demais. Acabei por bordar em ponto cruz o nome numa barrinha e cose-la à bata. Depois quando acabar mostro como ficou ;)

Nocas disse...

No infantário da minha princesa, as batas são iguais para todos os meninos. Menos uma preocupação:)

mamã do luisinho disse...

O Luisinho também vai de bata e já se habituou. È azul escura,com rebordo em xadrez azul e verde. Para os meninos aperta à frente, para a s meninas atrás e tem golinha de xadrez.Beijinhos

sofia disse...

:)

Carina M disse...

Aposto que vais fazer um bom trabalho.
Um bom ano letivo para a Inês.
Bjs

Papás do Duarte disse...

No JI do piolho a bata é igual para os meninos e para as meninas. Tive de comprar a bata na loja Y (pedi ao meu pai para ir lá porque mesmo com indicações não fazia a mínima ideia onde aquilo era). No dia da reunião ia-me dando uma coisinha má quando a educadora me diz que também tinha de lá comprar o chapéu felizmente um pai disse que os chapéus só por encomenda...e assim disse-me " pode usar um chapéu pananá azul escuro, de preferência de ganga" Oh pá...a escola é publica mas têm cá umas exigências! LOL

A bata da nini ficou gira!