terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Alguém vende?*

A Inês diz que não gosta de ovo. Há muito que não come.

Hoje, em SOS doméstico (nada pronto a cozinhar), fiz-lhe esparguete com ovo estrelado.

Hora e meia à mesa. Seiscentos e nove: "come Inês!", trezentos e quarenta e cinco: "senta-te direita!", novecentos e vinte e quatro: "vais ficar de castigo!" e outras centenas de avisos e ordens. 

Ao fim disto tudo, quase a terminar:
- Mãe, afinal gosto deste ovo. Eu estava a tapar o nariz nas outras vezes, mas agora destapei e até gosto do sabor.

E a minha paciência*, como a recupero?

13 comentários:

Su disse...

Pois :s não sei bem, mas acho que depois de uma boa noite de sono consegues recuperar paciência em dose dupla :)

A Nini é malandreca...

Mara disse...

Ui... haja paciência... Cá em casa o João diz sempre que não gosta de tudo o que seja novo e nem se dá ao trabalho de provar. Tudo o que for empadões ou bacalhau com natas, nem toca... Enfim...
Beijocas

Isabel disse...

realmente... pois o João tb passa fases que adora alguma coisa , só quer daquilo e depois de repente deixa de gostar... enfim...

estou a adorar o desafio uma foto por dia e estou ansiosamente à espera da de hoje...lol

pressãozinha da boa... ;)

Anónimo disse...

As crianças têm direito a não gostar de certos alimentos, tal como nós adultos não gostamos de tudo!

Marta disse...

Anónimo,
é verdade, concordo.
As crianças têm esse direito e nós, pais, temos a obrigação de insistir e tentar que gostem do mais possível.
A maior parte dos gostos adquirem-se.
Há meses que ela não comia um ovo, não a ando propriamente a massacrar.

**SOFIA** disse...

marta, estás lá! mereces um spa, já te digo ;))))

entretanto vou ali apontar os dizeres anónimos para quando eu própria estiver em crise!

cristina disse...

Com 1 sorriso dela recuperas :)

Su disse...

Pois... já li o comentário anónimo.
O meu era mais a dizer que os acessórios da Lua eram foleiros.

Se não gosta, não olha e pronto.
Pode não gostar e eu aceito na boa, mas dizer que é foleiro, haja santa paciência... aquela pontinha de ironia partiu tudo.

É apagar e siga.

Ana disse...

Caramba, quer-me parecer que vocês se ofendem mais pelos comentários serem anónimos do que pelo que eles dizem.
Fui eu que comentei em anónimo em cima, apenas porque não tenho registo e colocar um nome não faz com que me conheçam. Mas pronto.
Acho que não disse nada demais, apenas é uma coisa que me faz confusão: obrigar as crianças a comer certos alimentos que elas não gostam.
Mas tem razão há gostos que se adquirem, e uma coisa é forçar outra é "convidar a comer".

Márcia disse...

Ontem o meu não queria comer o salmão..diz ele "não gosto", digo eu "gostas, gostas!" Se lhe fizesse a vontade só comia rissois!

Os ovos são uma delicia, e fazem bem! Pior seria massa com massa :-)

bjs

sofia disse...

Safada!

Sónia disse...

ahah cá em casa é assim também!!!

disse...

Se eu deixasse,de certeza que a minha filha so comeria massa com queijo rapado e bife picado!mas insisto para que coma outros alimentos porque sei que jà os comeu antes.e sei que os miudos teem fases...