quinta-feira, 12 de abril de 2012

Mais uma!

Às vezes estou tão cansada que nem consigo reagir.

Ouço-a a atirar o pacote de cereais ao chão. Ouço aquele barulho dos cereais a espalharem-se pelo chão da cozinha. Ouço-a divertida a brincar com aquilo.

Não consigo lá ir. Não me apetece. Penso que vou ter que limpar e vou, deixa-a estar entretida e quieta enquanto a brincadeira durar. Depois vou lá, com o meu olhar de má e com os ralhetes do costume.

7 comentários:

cristina disse...

Como te entendo!:)

Maria de Lurdes disse...

Não vou. Não vou. ignoro.

Dito assim, parece mesmo uma decisão executiva, uma escolha de pedagogia. Durante uns minutos, até ficamos mais descansadas!

sof* disse...

muito zen :DDD

Marta G. disse...

Belo auto-controlo!
Mas a tua atitude tem o seu quê de vantajoso - ela sempre fica entretida um pouco, e dado que o azar já aconteceu... ao menos rentabilizas a coisa!
Boa sorte Martinha!

Alexandra disse...

Eu também não reajo, graças a Deus!
E quando lá vou já não ralho, só digo: "se a tua mãe vê isto vai ficar passada, já sabes como ela é... acho bem que limpes tudo rapidamente!" e elas riem-se e limpam.
BJo

Isabel disse...

Marta
Como eu te compreendo... às vezes também fico assim quietinha no meu canto... enquanto eles disfrutam, temos um momentinho de paz sempre tão bem-vindo e desejado.
Andas cansada, nota-se bem!!!!
Que venha o sol!!!
beijinhos

Su disse...

ahahahah boa estratégia :) às vezes também pratico essa técnica. Vida de mãe não é fácil, ehehehhe