quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Sempre pronta a passear

Tem medo que o tecto lhe caia em cima.
Não pode ouvir a porta da rua, corre de imediato: Onde vais? Poxo ir? Anda lá!
Quando regressamos a casa: Vamos para casa? Não quero. Quero paxear. Anda lá!
Ao estacionar na garagem, afunda-se na cadeira, vira a cara e finge que dorme.
Este fim de semana, depois de três dias fora de casa, veio todo o caminho (ou parte do caminho em que esteve acordada): Não quero ir pa casa do Fofinho! Onde vamos? Não quero ir pa casa do Fofinho! Pa casa do Fofinho, não, 'tá bem?

7 comentários:

Marta G. disse...

:)
Que fofa!
Sabe bem o que é bom!
Ainda bem que passeia, só a faz crescer feliz!
:)

rosa_chiclet disse...

que querida.. é bom é passear :)

kisses***

sof* disse...

é assim mesmo, sempre de roda no ar!

Alexandra disse...

Bem sei o que isso é! :)
bjo

ML-As Maravilhas da Maternidade disse...

A casa do Fofinho!!! Pois, ele é o proprietário, não? É quem dá a cara, fala sempre com as pessoas e essas coisas... é a casa do Fofinho hahaha

Fofinha é ela!

Marta disse...

ML, naquele momento era a casa do Fofinho porque era o único que lá estava.
Muitas vezes, quando está apenas com um de nós, é a casa do papá ou da mamã.
Raciocínios engraçados aos 2 anos :)

batatas com maionese disse...

A tua miúda é uma esperta.