sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Quase, quase...

O dia está a chegar e, finalmente, os presentes estão quase todos comprados. E só comecei as compras esta semana! 

Algumas encomendas online e o mínimo de visitas ao shopping. As idas às compras foram ao final da manhã, evitei stress para estacionar, filas para pagar e grandes concentrações de pessoas. 

Optei também por embrulhar os presentes em casa (salvo raras excepções em que o embrulho era rápido). Parece que não, mas poupa-se muito tempo e, com uma criança de dois anos a tiracolo, é impossível ficar muito tempo à espera que alguém (muitas vezes com pouca habilidade para a tarefa) faça o embrulho, sem desesperar.

Faltam as mais complicadas. Aquelas em que "a ideia" ainda não surgiu.


348/366


347/366

4 comentários:

M & M disse...

Eu também faço os meus embrulhos todos em casa...e não tenho nenhuma pekenininha...as filas por vezes são de loucos :)

cristina disse...

Eu também peço papel e faço em casa. Não há paciência para as filas.

Maria João disse...

Eu adoro embrulhar os presentes de natal, portanto são feitos em casa e já estão todos embrulhados e escondidos, claro! Aliás, acho que aqui nunca vi as bancadas com as pessoas a embrulhar os presentes como se vê por aí nos shoppings!Não se usa mesmo. Eu confesso que gosto da "confusão" de Natal. Isto quando vou sozinha às compras ou só na companhia de adultos. Quando há crianças é fazer tudo o mais rápido possível mesmo!

MissApuros disse...

Por aqui também está quase tudo orientado :)