quarta-feira, 21 de agosto de 2013

As férias fazem-lhes mal

O que é bom também pode estragar.

As regras, os horários, as refeições os limites, tem estado tudo um pouco de pernas para o ar.

A recusa da sesta é o que mais custa. Chega ao final de dia birrenta e com um humor de fugir.
Hoje insisti, que é como quem diz ameacei que só havia passeio se descansasse um bocadinho. Acedeu, mas avisou logo: “só descansar, não vou fechar os olhos!“.

Os tpc de férias da mais velha também andavam ao sabor do vento e da vontade, que é praticamente nula. Decidi fazer um plano diário, um ficha por dia não custa nada, e agora tem corrido melhor. Falta ajustar o plano de leitura, já começou a ler dois livros mas ainda não acabou nenhum.

A quebra de rotina até faz bem. O relaxar das horas e obrigações também. Mas acaba por tornar os dias mais longos e cansativos.

3 comentários:

S. disse...

Por aqui é a mesma coisa. As sestas mantêm-se, a Bárbara ainda não prescinde, mas os horários de levantar e deitar estão um descalabro, porque ela à noite empata, empata! O apetite voou para a China, faz duas semanas que ela não come decentemente e as birras voltaram. E para mim, isto é tipo dominó, descamba uma coisa e vai logo tudo atrás.
Mas é como dizes, as rotinas são para se quebrar, há é que ir fazendo ajustes.

vidasdanossavida disse...

Sim, já chega de férias. Para eles e para nós!!! Aqui já estamos na sexta semana de férias e o meu mais velho de 3 anos e meio está mesmo a precisar de voltar às rotinas. Felizmente desde que regressámos a casa na sexta feira passada as coisas melhoraram um pouco.

Ana Costa disse...

Bem vinda ao clube... volta escolinha estás perdoada :)